Vale lança Projeto Horizonte para acelerar negócios com propósito em Minas Gerais

Comentários (0) Eventos

A primeira etapa do programa,  que busca contribuir para a diversificação econômica e geração de emprego nos territórios, acontece entre os dias 10 e 18 de abril, em evento online

As cidades de Barão de Cocais, Itabirito, Nova Lima e Ouro Preto possuem uma população somada de cerca de 250 mil pessoas e este é o público que a Vale e a Semente Negócios, empresa de educação empreendedora que apoia a criação  e o desenvolvimento de iniciativas inovadoras com ênfase em impacto socioambiental, almejam alcançar com o Projeto Horizonte – programa que tem o objetivo de auxiliar os empreendedores locais e os interessados em abrir seu primeiro negócio.

A iniciativa espera estimular a criação e desenvolvimento de negócios inovadores, com ênfase naqueles que tragam impactos socioambientais positivos para as respectivas comunidades. “Pretendemos estimular os moradores dos próprios territórios a encontrar soluções que sejam capazes de resolver os problemas enfrentados por eles e, com isso, promover uma mudança positiva em sua realidade”, explica Flávia Soares, gerente responsável pelas ações de fomento econômico na Diretoria Especial de Reparação e Desenvolvimento da Vale.

O projeto se estenderá até o final de 2022, sendo dividido em três etapas: maratona empreendedora, pré-aceleração e fase final de aceleração. A maratona empreendedora, que acontece online entre os dias 10 e 18 de abril, vai capacitar pessoas das comunidades, que tenham ou não um negócio, a desenvolverem uma ideia para a solução de desafios nas frentes: desenvolvimento rural e turismo ecológico, cidades sustentáveis e economia circular, inclusão digital, educação e infraestrutura, saúde comunitária e tecnologias para o bem-estar.

Ao final, serão escolhidos 70 projetos para a fase de pré-aceleração, que acontece entre maio e agosto deste ano, quando os empreendedores terão assessoria técnica, oficinas quinzenais e mentorias, a fim de testar e validar seus negócios no mercado. No fim de agosto, serão selecionados os 35 projetos de mais destaque para a fase de aceleração, que acontece de outubro de 2021 a outubro de 2022.

Durante as três fases, os participantes terão a oportunidade de criar ou adaptar seus empreendimentos para um modelo de negócio com propósito. “O objetivo do Horizontes é promover a prosperidade por meio do aumento da capacidade de inovação das pessoas, organizações e ecossistemas. Queremos capacitar os moradores na abertura e na transição de negócios preexistentes, para a lógica de negócios com propósito, ou seja, que gerem impactos sociais e ambientais positivos para toda a região”, reforça Ellen Carbonari, gestora do projeto e sócia da Semente.

Para participar do Projeto Horizonte, basta ter uma equipe de duas a cinco pessoas que estejam dispostas a empreender, para os desafios apresentados e cujos membros tenham residência em Macacos, Ouro Preto, Barão de Cocais, Itabirito, Mariana, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo; desde que os negócios sejam implantados em Macacos (Nova Lima), Antônio Pereira (Ouro Preto), Barão de Cocais e Itabirito.

As inscrições serão realizadas até o dia 2 de abril, por meio do link www.projetohorizonte.com.br.

Sobre a Semente Negócios
A Semente Negócios apoia o surgimento e o desenvolvimento de iniciativas inovadoras. Tem como objetivos contribuir para a evolução de ecossistemas de empreendedorismo; o crescimento do empreendedorismo inovador como instrumento de mudanças socioambientais; e o desenvolvimento das competências de inovação em organizações. A Semente trabalha com educação empreendedora desde 2011, e já apoiou mais de duas mil organizações a inovarem e ensinou empreendedorismo a cerca de 20 mil pessoas em todas as regiões do Brasil, além de desenvolver dezenas de projetos de inovação em médias e grandes empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This