Tradição italiana não, desta vez é americana!

Comentários (0) Case de Sucesso

Super Pizza Pan - Negócio que deu certo

Famosa nos Estados Unidos, a pizza pan contrariou o velho gosto do brasileiro e tornou-se uma queridinha popular. Rede de franquia que apostou no produto há alguns anos deu um toque tropical ao alimento e hoje colhe bons frutos

Pizza boa é aquela tradicional feita de massa fina, com a borda crocante e, de preferência, assada no forno a lenha. Verdade? Nem tão verdade assim!

Famosa nos Estados Unidos, a pizza pan, como é conhecida, começou a ganhar adeptos no Brasil. A massa, crocante por fora e macia por dentro, é ainda diferente das “velhas” grossas e borrachudas. Feita dentro de uma panela, a pizza carrega o nome panpanela em inglês. A receita abandona qualquer semelhança com o modo de preparo das tradicionais pizzas italianas, ganhando de longe em quesitos como a praticidade de montagem, o armazenamento da massa e o melhor uso dos sabores e recheios dentro da pizza.

Foi por isso que em 2005, Cristian Oalter Durante e Ana Luiza Rocha fundaram a Super Pizza Pan. Com muita força de vontade, começaram a empresa na cozinha da casa da mãe de Cristian, no bairro do Cocaia, periferia de Guarulhos. Na época, só tinham R$3 mil de uma rescisão trabalhista e o sonho de vender a melhor pizza pan do Brasil.

O casal já era apaixonado por esse tipo de pizza, e com o dinheiro que tinham, compraram um forno, formas de tamanho brotinho, além dos ingredientes necessários para começar o negócio. “Sabíamos que o grande diferencial seria a qualidade dos produtos, por isso, sempre optamos pelos melhores ingredientes. O requeijão e o queijo, por exemplo, tinham que ser os melhores vendidos no mercado”, revelam.

Para isso, economizaram até o dinheiro do ônibus andando mais de dez quilômetros para comprar os ingredientes em locais “mais em conta”. “Foi preciso, pois não queríamos uma pizza mais ou menos, tinha que ser a melhor pizza pan!”, reforçam.

A chave do sucesso

Típica dos Estados Unidos – como já falamos –, esse tipo de pizza faz mais sucesso por lá por ser um país de regiões que têm um inverno rigoroso bem pronunciado e, em geral, um clima mais frio, pois a massa pan americana é bastante pesada, diferente das pizzas brasileiras. Foi então que o casal percebeu que deveria adaptar a famosa receita ao gosto dos nossos consumidores.

O objetivo deles foi oferecer uma massa pan mais leve, com os sabores e ingredientes prestigiados pelos brasileiros. Trabalharam bastante para atingir o ponto perfeito da massa e criar coberturas tradicionais, mas também inéditas, muitas delas que caíram no gosto dos clientes, como a de frango com cream cheese. “Demoramos mais ou menos um ano inteiro para desenvolver a massa da nossa primeira pizza pan. Ela tinha que estar no ponto ideal, sendo grossa, porém aerada, além de ser também leve, fofa, crocante e menos gordurosa. Enquanto não chegasse ao ponto perfeito, não fechávamos a receita”, conta o sócio Cristian Oalter Durante.

            Segundo eles, junto com a ideia da pizza pan brasileira, já existia o sonho de ter um restaurante e isso veio a acontecer pouco tempo depois de conquistar os clientes fazendo a pizza em casa. Depois, abriram a primeira unidade no bairro do Maia – região nobre de Guarulhos. Em seguida, começaram a franquear o negócio. “Muitos franqueados eram clientes e queriam fazer parte do negócio, entusiasmados em ter uma empresa como a Super Pizza Pan e comercializar esse tipo de pizza”, mostram.

Os ovos de ouro

A aceitação do público, de acordo com os sócios, foi imediata, quando ainda produziam na casa da mãe de Cristian, carros de luxo paravam na porta para buscar pizzas, com massa pan leve, ingredientes da melhor qualidade e coberturas generosas e deliciosas. Mas este sucesso inicial eles remetem à propaganda boca a boca.

A empresa é extremamente exigente no quesito qualidade! “Em todos os sentidos, qualidade dos ingredientes, do atendimento, da higiene, controle da validade dos insumos… Cuidado com os mínimos detalhes”, afirma o casal.

A rede conta com pizzarias que são restaurantes e delivery – algumas unidades têm um agradável espaço kids – e também há exclusivamente as de delivery.

O diferencial, na visão deles, sem dúvida alguma, é a melhor massa de pizza pan com coberturas de excelente qualidade. “As nossas pizzas são grossas na medida certa, sem ser gordurosas, com coberturas generosas, exclusivas, ao gosto dos brasileiros, não precisam de toppins extras.

Nossos concorrentes são todos os estabelecimentos que têm o mesmo ticket médio que o nosso, sejam pizzarias ou outros restaurantes, e não é segredo que há outras marcas que oferecem pizzas de massa pan, nacionais e estrangeiras”, revelam.

Colhendo resultados

Mas engana-se quem pensa que a rede só vive de flores. Segundo eles, são vários desafios, todos os dias, que precisam enfrentar para continuar fazendo a marca prosperar. “Começa pela nossa economia, seguindo pela carga de tributos incidentes sobre a atividade, não só os que cada loja paga, mas os que se pagam indiretamente ao pagarmos os fornecedores, isso acaba repercutindo no preço”, desabafam e completam: “Além disso, há muita concorrência no segmento, e nem sempre as pessoas comparam corretamente, pois qualidade tem um preço, formalidade, cuidado com a higiene e atenção aos critérios sanitários também, não tem como comparar o que não é sequer equivalente em termos de qualidade e cuidado”, afirmam.

            Cristian Oalter Durante e Ana Luiza Rocha dizem que os próprios clientes atestam o sucesso da marca, pois vendem cerca de 35 mil pizzas/mês. São 22 franquias no Estado de São Paulo, sendo 12 unidades na capital, duas em Guarulhos, além de lojas em Santo André, São Bernardo do Campo, Osasco, Arujá, Jundiaí, Sorocaba, Mogi das Cruzes e Atibaia.

            Para abrir a empresa inicialmente utilizaram R$3 mil, como dito no começo da matéria, e depois de um ano investiram mais R$6 mil de um empréstimo para abrir a primeira loja física. “Faturamos o suficiente para montarmos a nossa primeira loja e o faturamento veio crescendo e se consolidando”, comemoram.

O carro-chefe hoje é a pizza de frango com cream cheese, com muita saída também da pizza de pepperoni. Além de pizzas grandes e brotinhos, a rede oferece dips, salgados e doces, além de bebidas. “O objetivo agora é aumentar o número de lojas sem perder a qualidade e a identidade. E, claro, trazer novos sabores em breve!”, finalizam os sócios.


Pizza Pan em números

  • 13 anos no mercado
  • 22 franquias no Estado de São Paulo
  • 35 mil pizzas vendidas por mês, ou seja, 420 mil por ano
  • R$3 mil investidos para a abertura do negócio

Super Pizza Pan - Negócio que deu certo

Crédito: Divulgação/ Enviada pela A Fonte Comunica

“Demoramos mais ou menos um ano inteiro para desenvolver a massa da nossa primeira pizza pan. Ela tinha que estar no ponto ideal, sendo grossa, porém aerada, além de ser também leve, fofa, crocante e menos gordurosa. Enquanto não chegasse ao ponto perfeito, não fechávamos a receita”

“Há muita concorrência no segmento, e nem sempre as pessoas comparam corretamente, pois qualidade tem um preço, formalidade, cuidado com a higiene e atenção aos critérios sanitários também. Não tem como comparar o que não é sequer equivalente em termos de qualidade e cuidado”

Cristian Oalter Durante e Ana Luiza Rocha, sócios da Super Pizza Pan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This