Startup desenvolve machine learning para empresas e cresce 1000% durante a pandemia

Comentários (0) Destaque Home, Educação e Treinamento, Startups

A startup brasileira Datarisk – que desenvolve machine learning para empresas de diversos setores e tamanhos, acaba de anunciar um crescimento de mais de 1000% em faturamento . A quarentena ampliou ainda mais a importância de modelos preditivos para análises de dados, tornando o processo de decisão das empresas mais rápidos e assertivos.

Ainda que o movimento de várias áreas do mercado possa estar com a ré engatada, os gastos corporativos com sistemas de inteligência artificial devem ultrapassar US$ 50 bilhões neste ano, de acordo com o IDC, empresa de consultoria de mercado. Em 2024, o investimento deve chegar a US$ 110 bilhões, prevê a entidade.

A Datarisk já passou por vários programas de aceleração renomados no mercado, como Visa, Google For Startups e Plug and Play – tendo recebido aporte no valor total de R$ 4 milhões de reais nesses últimos 3 anos. A startup diminui incidentes e fraudes, diferencia clientes inadimplentes de pagantes e consegue dar um direcionamento assertivo para aumento nas vendas e resultados. 

Além disso, a maioria das ferramentas de machine learning oferecidas no mercado são complexas e precisam de orientação de um profissional da TI. A Datarisk se diferencia de seus concorrentes por oferecer soluções intuitivas, ágeis e com valor acessível dentro da média do valor cobrado no mercado.

Estimativas do McKinsey Global Institute indicam que o valor a ser liberado pelo uso de IA/AA na América Latina é de cerca de $0,6 a 1 trilhão anualmente em ganhos de produtividade. A startup está presente em todo o Brasil e atende atualmente clientes nacionais e internacionais A mudança abrupta no comportamento do consumidor foi acentuada durante a pandemia e por essa razão os serviços de machine learning foram ainda mais procurados.

As aplicações da Inteligência Artificial ajudam empresas a inovar e ganhar escala. Entre os clientes da Datarisk estão grandes fintechs, empresas gigantes do Varejo e também clientes nas áreas de logística e saúde. 

Em 2020, a DataRisk entrou para a lista das TOP 10 empresas de big data destaques do ano pelo Ranking 100 Open Startups – processo anual que mede a atratividade das startups no mercado corporativo. A empresa está se preparando nesse exato momento para uma nova captação com o objetivo de ampliar a oferta de produtos oferecidos. 

Imagem de capa: Tumisu por Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This