Seu sonho foi contemplado

Comentários (0) Franquia

O Sistema de Consórcios fechou o primeiro semestre de 2018 com vendas de 1,22 milhão de novas cotas

Sistema de consórcios chega ao franchising e oferece planos com valores mensais a partir de R$1,3 mil. Modalidade ainda recente no Brasil é alternativa para quem não conta com dinheiro em caixa para fazer investimento inicial

O Sistema de Consórcios fechou o primeiro semestre de 2018 com vendas de 1,22 milhão de novas cotas, o que representa R$48,3 bilhões em créditos contratados. Os dados são da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).

Quando a comparação é feita com os mesmos seis meses de 2017, as adesões cresceram 10,9% sobre o 1,1 milhão do ano passado, enquanto os negócios aumentaram 10% em relação aos R$43,92 bilhões do mesmo período. Os números comprovam que a opção por compras de bens por meio de grupos se manteve firme mesmo em meio a economia estagnada.

A modalidade é, segundo a Abac, mais usada por quem busca carros leves, seguido de motos e imóveis. Entram na lista ainda veículos pesados como caminhões e carretas, seguidos de serviços e eletroeletrônicos.

Mas não pense que os consórcios ficam restritos a isso. O franchising também está começando a apostar na expansão de redes por meio do formato.

PIONEIRA

A Ótris – rede especializada em recuperação de créditos para pequenas e médias empresas, lançou em 2018, por meio da Ótris Consórcio, o primeiro consórcio destinado ao franchising no País. O novo produto, criado em parceria com a Loja de Franquia, recebeu o nome de Ótris/VKN.

O Consórcio Ótris/VKN possui autorização do Banco Central. Trata-se de um financiamento isento de juros, Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) e Taxa de Abertura de Crédito (TAC). “O dinheiro a ser emprestado ao contemplado vem dos recursos arrecadados pelos próprios integrantes do Grupo Consorciado, por tratar-se de um autofinanciamento cuja arrecadação é similar ao conceito de poupança, não pode haver juros nem impostos”, explica o fundador da Ótris, Caio Katayama.

O empresário revela que a administradora fica somente com a taxa de franquia, o que corresponde a 0,30% por mês linear, e não ao mês como os bancos costumam cobrar em seus financiamentos.

Cada um dos grupos com duração de 80 meses conta com 300 participantes. As cotas variam de R$80 mil a R$160 mil. Cada membro pode pagar uma mensalidade a partir de R$1,3 mil, dependendo do valor da carta de crédito que escolher. Além disso, também serão realizados sorteios mensais, com lances fixos de 30% ou livre com o objetivo de contemplar antecipadamente os membros do grupo de acordo com as regras do Banco Central do Brasil (Bacen). “O consorciado contemplado pode comprar, além dos modelos da Ótris Franquias, mais 84 opções de marcas que a Loja de Franquia representa, de acordo com o valor de crédito da sua contemplação”, esclarece Katayama. Entram na lista franquias dos setores de alimentação, automotivo, educação e saúde.

OS PASSOS

Após o consorciado ter a contemplação aprovada, ele deve escolher um modelo de franquia para verificar se o perfil será aprovado pelo franqueador. Na sequência, a partir de uma cópia da Circular de Oferta (COF) e Contrato de Franquia acompanhado do termo de autorização do franqueado, o franqueador deve emitir uma nota fiscal da Taxa de Franquia. “Com as altas taxas de juros e garantias acima de 100% impostas pelos bancos, muitos investidores têm dificuldades de crédito, e o consórcio atende muito bem para quem não tem pressa para empreender”, pontua o executivo da marca.

O QUE DIZ A LEI

Mas não adianta se empolgar e agir por impulso. É preciso buscar informação para não se decepcionar. O sócio da Guirão Advogados, Moacir Guirão Junior, diz que para a elaboração de um contrato que indique de forma transparente os direitos e deveres a serem seguidos, é muito importante que o interessado considere pontos, como descrição do serviço, preço e critério aplicável para a sua atualização, obrigações financeiras do consorciado, condições para concorrer à contemplação, informações sobre as condições para o recebimento da restituição dos valores pagos pelos participantes excluídos, garantias exigidas do consorciado para a aquisição do bem ou serviço e periodicidade de realização da assembleia geral ordinária.

A principal garantia jurídica de um consórcio é a autorização pelo Bacen para funcionamento e o contrato escrito e assinado pelas partes interessadas. “Por se tratar de um ‘investimento’, não há como apresentar mais garantias de que ao final do pagamento, ou após a contemplação, o consorciado realizará o resgate total do valor contratado”, explica Guirão.

Outra preocupação por parte dos consorciados é o fato de uma eventual “quebra” do grupo, o que deixaria os participantes no prejuízo. Guirão afirma que não existem mecanismos que garantam a saúde financeira do grupo. “Como em qualquer outra prática financeira que envolve cliente e prestador de serviços, o que há são leis específicas, criadas com o objetivo de promover respaldo jurídico quando identificada alguma ação que não esteja em conformidade com contrato como a execução de uma cobrança indevida ou o não cumprimento de prazos quando da contemplação, entre outras situações”, explica o especialista.

CERTIFIQUE-SE

Diante desse cenário, o melhor a se fazer é cercar-se de cuidados. Sempre faça uma pesquisa junto ao BACEN para verificar se o número de autorização apresentado pela empresa que comercializa o consórcio é real. Lembre-se de que ela precisa estar cadastrada e autorizada a operar.

Guirão reforça para que as pessoas fiquem atentas a todas as cláusulas, em especial aquelas que constam em letras pequenas. Outra orientação é quanto a leis ou resoluções apresentadas de forma não muito clara. Tudo deve ser esclarecido antes da assinatura. Vale, também, pesquisar se tais informações fazem sentido.

A lista de cuidados inclui, ainda, uma boa e detalhada pesquisa junto ao Órgão de Defesa do Consumidor para verificar se há reclamações por má gestão do fundo do consórcio em nome da empresa.

Mais uma dica útil é priorizar o pagamento das contribuições via boletos. “Nunca efetue depósitos de dinheiro ou cheques em contas que não sejam vinculadas à empresa que administra o consórcio”, comenta o advogado.

Em hipótese alguma adquira consórcio em que a operação não esteja autorizada pelo Banco Central, ou que seja alguma operação indicada como “pirâmide”. O risco é muito grande nesse tipo de situação. “O sistema de pirâmide é uma prática em que os envolvidos são levados por grupos de amigos ou de ‘empreendedores’ em que, na maioria das vezes, são oferecidas oportunidades de altos ganhos financeiros em um curto período, mediante investimento e indicação de novos participantes”, explica Guirão que complementa: “Mas cuidado, pois trata-se de um crime contra a economia popular”.

RAIO-X – ÓTRIS

Número de unidades próprias: 2

Número de unidades franqueadas: 22

Investimento inicial: Microfranquia – R$87 mil e Padrão – R$120 mil

Taxa de franquia: R$40 mil

Capital de giro: R$30 mil

Royalties: R$200,00 fixo por cliente de assessoria

Taxa de publicidade: R$100,00 fixo por cliente de assessoria

Faturamento bruto: 50% em média dos valores recebidos mensalmente

Lucro líquido: de 20% a 30% por mês

Prazo de retorno do investimento: de 18 a 24 meses

Contatos para interessados em franquia: www.otrisfranquias.com.br

SEIS ATITUDES ANTES DE ASSINAR UM CONTRATO DE CONSÓRCIO

– Leia atentamente as cláusulas do contrato para conhecer seus direitos e obrigações.

– Verifique se o valor do crédito e o prazo de duração do grupo constam no contrato.

– Confira os percentuais de contribuições (taxa de administração e, se houver, fundo de reserva e/ou seguro) e as demais despesas que serão cobradas.

– Certifique-se quanto ao critério de correção do crédito que será aplicado pela administradora e às garantias que você deverá fornecer para retirar o bem ao ser contemplado.

– Verifique as regras de contemplação por sorteio e lance, a forma de antecipação de pagamento de prestações e a possibilidade de optar por crédito de menor ou maior valor antes da contemplação.

– Certifique-se de que aquilo que foi prometido, em propaganda ou pelo vendedor, consta do contrato. Desconsidere promessas verbais: todos os direitos e obrigações do consorciado devem estar estabelecidos no contrato.

Fonte: Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios.

CONSÓRCIO EM QUATRO PASSOS

1º Escolha uma administradora autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil, que é a autoridade que normatiza e fiscaliza o Sistema de Consórcios no País.

2º Entre em contato com a empresa e verifique os planos disponíveis. Faça a adesão ao grupo que tiver os melhores prazos e valores para o seu bolso. E atenção: Antes de assinar o contrato, não se esqueça de ler atentamente todas as cláusulas.

3º Adesão confirmada, é hora de participar das Assembleias, que são as reuniões em que ocorre a distribuição dos créditos aos participantes. Os contemplados da vez são escolhidos por sorteio ou lance, que nada mais é do que a antecipação de prestações.

4º Após ser contemplado, utilize seu crédito para adquirir o bem. E lembre-se: com o consórcio você tem poder de compra à vista, podendo negociar descontos e muitas outras vantagens.

Fonte: Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios.

Cada um dos grupos [da Ótris/VKN] com duração de 80 meses conta com 300 participantes. As cotas variam de R$80 mil a R$160 mil.


Caio Katayama, fundador da Ótris
Crédito: Divulgação/ Passo Avanti

“O dinheiro a ser emprestado ao contemplado vem dos recursos arrecadados pelos próprios integrantes do Grupo Consorciado, por trata-se de um autofinanciamento cuja arrecadação é similar ao conceito de poupança, não pode haver juros nem impostos”

Caio Katayama, fundador da Ótris


Moacir Guirão Junior, da Guirão Advogados
Crédito: Divulgação/ Business Factory

“Por se tratar de um “investimento”, não há como apresentar mais garantias de que ao final do pagamento, ou após a contemplação, o consorciado realizará o resgate total do valor contratado”

Moacir Guirão Junior, da Guirão Advogados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This