“Se soubesse da pandemia seis meses antes, eu…” #4

Comentários (0) Atitude PME, Destaque Home, Inspiração

Chegamos à quarta parte da série de publicações semanais que contém depoimentos exclusivos de empresários brasileiros apontando grandes lições de gestão e estratrégia. Confira abaixo o que esses executivos teriam feito caso tivessem algum tempo para preparar seus negócios para a atual crise do Coronavírus.

Nós perguntamos:

Se você pudesse prever – com seis meses de antecedência – e preparar seu negócio para a explosão da atual pandemia, que arrebatou a sociedade e estancou a economia global em todos os níveis de atividade… O que você faria?

Eles responderam:


“Se eu soubesse da pandemia seis meses antes, certamente eu teria avançado mais no MarketPlace, teria avançado nos projetos de meios de pagamento e nos projetos de canais de venda, inclusive capilarizando a venda do cookie congelado em saquinho para supermercado. Na parte de vendas de franquias eu teria acelerado um pouco mais o processo, inclusive formatando um modelo mais em conta que pudesse proporcionar mais conforto para quem investe”

Lindolfo Paiva, Sócio-fundador do Mr. Cheney

O Mr. Cheney é uma rede de franquias de cookies tipicamente americanos. Fundada no Brasil em 2005 pelo casal Lindolfo e Elida Paiva, a marca se tornou reconhecida no mercado por meio de sua receita especial, ensinada por um amigo, o cookieman americano Jay Cheney, da Califórnia, que inspirou o nome da rede. Com o diferencial do cookie recém-assado (conceito Fresh Baked), as lojas oferecem uma fornada a cada 20 minutos, espalhando o aroma inconfundível por todo ambiente. Associadas à ABF, a marca possui mais de 75 unidades em operação, espalhadas em 14 estados brasileiros.

“Se soubesse da pandemia com seis meses de antecedência, teríamos estabelecido ferramentas digitais de gestão de tarefas e atividades em equipe. Logo nos primeiros dias de trabalho remoto, ficou muito clara a necessidade de um local onde todas as informações pudessem ser centralizadas e atualizadas, já que a clássica “viradinha” para perguntar ao colega ao lado como andava tal assunto já não era possível. Estabelecer novos processos com a equipe fisicamente dispersa foi como trocar o pneu com o carro andando, mas após estabelecidos os processos o trabalho fluiu muito bem. Olhando o lado positivo, muitas das rotinas que foram implementadas, como reuniões semanais de follow-up com todas as equipes, antes feitas de maneira “informal”, elevaram a gestão e comunicação, e devem permanecer após a normalização do cenário”

Mauricio Carrer, CEO da InstaCasa

A InstaCasa é uma proptech que permite que potenciais compradores visualizem uma grande variedade de projetos de arquitetura para implantação do terreno, ajuda os corretores e as incorporadoras ao disponibilizar outros benefícios importantes para o cliente como, uma calculadora do custo de  construção dos projetos escolhidos , orientação para a aprovação do projeto na prefeitura local e para obtenção do financiamento para construção. Durante a crise, a startup saltou de 15 mil para mais de 18 mil lotes em empreendimentos contratados, totalizando um crescimento de 20%.

“Eu anteciparia medidas de preservação de caixa. Sempre tivemos uma gestão muito responsável, atenta a todos os indicadores de saudabilidade da operação. Porém, diante de um cenário de recessão global, é importante analisar cada movimento para não perder oportunidades, mas também não arriscar a estabilidade financeira da empresa a médio prazo. Sobre o novo normal, nossa startup já estava operando no formato working from anywhere desde o final de 2018, e nosso sistema de produção e distribuição descentralizada é mais seguro e eficaz para atender o público pré e pós covid, além de fundamental na geração de renda formal de famílias em um momento tão delicado quanto este”

Nelson Andreatta, CEO e fundador da Eats For You

Eats For You é uma startup que conecta donos e donas de casa que cozinham a pessoas que buscam alimentação caseira. Com o isolamento social, a emoresa iniciou a campanha “Faça o Bem”, que incentiva a compra de marmitas para a doação a pessoas em vulnerabilidade social. Desde o início da quarentena já foram mais de 10.700 refeições doadas e R$ 130 mil gerado em renda formal para os donos e donas de casa que cozinham para a plataforma. A campanha ganhou tanto destaque que até a Unilever entrou no jogo e está dobrando todas as doações.

“Se eu soubesse da pandemia com antecedência, certamente teria trabalhado com mais ênfase na mudança de mindset dos meus franqueados. Apesar da franqueadora incentivar e capacitar toda a rede para o uso das ferramentas online, os nossos franqueados ainda têm um perfil muito corpo a corpo, comercialmente falando. Com a pandemia, as vendas online se multiplicaram e a necessidade de ter as redes sociais das lojas franqueadas atualizadas foi primordial. Percebemos que os conteúdos disponibilizados na plataforma da UniGUi – Universidade da piscina – estão sendo cada vez mais visitados e esse já é um sinal positivo para o nosso “novo normal”. Capacitação será a palavra-chave do futuro”

Lilian Marques, diretora executiva da Tratabem

A Tratabem é uma rede de franquias especializada em manutenção, assistência e vendas de produtos químicos para todos os tipos de piscinas – foi criada em 2012, pela iGUi, com o objetivo de formar profissionais credenciados e treinados no tratamento de água. Atualmente a franqueadora conta com mais de 150 franqueados em operação e o modelo de negócio comercializado é o de microfranquias. 

Primeiro passo seria no sentido da estruturação de caixa para se manter na crise por seis meses, caso houvesse uma paralisação total, podendo manter o time atual ativo. Em seguida, criaria um caixa para investir em oportunidades que surgissem durante a crise, como por exemplo, apostar em alguma tecnologia especifica ou comprar uma empresa. Além disso, faria possíveis adaptações em relação ao modelo de negócio, para que as pessoas pudessem atuar de suas próprias casas

Victor Ruiz, diretor comercial da Gigatron Franchising

Fundada em 1998, na cidade de Birigui, interior de São Paulo, a Gigatron Franchising se destaca pela inovação e qualidade de seus produtos e serviços dentro da área de Tecnologia da Informação, especialmente ao que se refere a softwares. Com o uso de uma metodologia própria, o crescente desenvolvimento do negócio e a propagação de um serviço inovador criado pela empresa – o Software de Gestão Giga ERP – impulsionou a entrada da marca no franchising em 2012. Atualmente, a rede possui mais de 70 unidades distribuídas pelo Brasil.

“Se eu soubesse da pandemia há seis meses, certamente, teria dado mais ênfase e antecipado o nosso projeto robusto da Plataforma de Home Office, que atualmente já está operando em nossos clientes. Também teria pensado, considerado e já colocado em prática a estratégia do trabalho das equipes que irão manter-se em sistema remoto. Estamos desenhando que 38% da operação permanece remoto, pós-pandemia. Outro processo que também teria acelerado e antecipado seria a venda por meio de marketing digital da nossa solução de Plataforma financeira – Banking in a Box, lançada recentemente, que vem respondendo muito bem no mercado brasileiro. A pandemia acelerou ainda mais a necessidade de pensarmos digitalmente tanto para atender ao mercado corporativo como para dar uma fluidez maior na vida de todos nós”

Bráulio Lalau de Carvalho, CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini

Com mais de 40 anos de experiência, a Orbitall, empresa do Grupo Stefanini, atua em duas principais áreas de negócios: CX & Digital Services e Financial Services. Somos um time que investe em um completo ecossistema de inovação para atender as principais verticais e auxiliar os clientes no processo de transformação digital, implementando as melhores estratégias de automação de processos e relacionamento com clientes, além de oferecer soluções completas e modulares para o mercado financeiro com diferencial reconhecido em todo o setor. A Orbitall possui certificação PCI-DSS (Payment Card Industry Data Security Standard) e é homologada pelas principais bandeiras do mercado.

Confira mais depoimentos acessando:

Parte 1Depoimentos : : Parte 2Depoimentos : : Parte 3Depoimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This