Plataforma que conecta confeiteiros a clientes cresce 500%

Comentários desativados em Plataforma que conecta confeiteiros a clientes cresce 500% Giro PME, Tecnologia

Plataforma, que conecta confeiteiros a clientes, fortalece rede de produção mais próxima ao consumidor, que recebe produtos artesanais sem sair de casa

Vem de Bolo, que completou pouco mais de 1 ano de operação, passou a oferecer, em 2020, mais de 400 produtos, entre bolos simples ou recheados, tortas, doces, veganos, funcionais e guloseimas para presentes, como cookies e pão de mel. A plataforma fortalece a prática do consumo de alimentos produzidos próximos ao consumidor, também chamada de locavorismo, uma tendência crescente no mundo e no Brasil. 
“Com a ampliação de oferta e o aumento da demanda de delivery em função do isolamento social, Vem de Bolo está conquistando resultados expressivos de venda para boleiros e parceiros”, conta Carolina Sevciuc, head de Transformação Digital da Nestlé, que coordena a área que desenvolve novos modelos de negócios como Vem de Bolo e que contou com a parceria da Play Capital para montar o marketplace. 

Em março foram realizados mais de 1500 pedidos, totalizando um aumento de 500% em relação ao mês de fevereiro. Este número também representa mais do que o total de vendas em 2019. Os bons resultados não pararam aí. Em abril, o marketplace bateu novo recorde: conquistou 151 pedidos em um único dia e com o lançamento da campanha, “Nesta Páscoa, compre de pequenos confeiteiros – fortaleça empreendedores”, a plataforma superou as expectativas. 

Vem de Bolo, hoje, já representa uma importante fonte de geração de renda e de negócios para pequenos empreendedores na capital paulista, onde a startup atua, já com planos de expansão para outras regiões. São 600 confeiteiros cadastrados, com 60 em operação até agora, já que para garantir qualidade, eles passam por uma rigorosa curadoria e treinamentos. 

Marcel Serra da Fonseca faz parte da comunidade de Vem de Bolo. Formado em engenharia, desde 2018 está focado no negócio de fazer doces com a mãe, que já trabalha na área há mais de 20 anos. Ele explica que atendia buffets de SP e entrou no marketplace para incrementar a renda. Em fevereiro, fechou 23 pedidos através de Vem de Bolo e, em março, 439. Com o salto, a plataforma passou a garantir 70% do faturamento da empresa e está sendo fundamental para pagar os salários de 17 funcionários, já que com a pandemia, os buffets não estão operando como antes. Marcel conta que está muito contente com os resultados e com o que tem aprendido com Vem de Bolo, que é bem ativo nas campanhas de marketing, o que leva, segundo ele, a um aumento de oportunidades para os confeiteiros. 
Consciente de sua responsabilidade social, Vem de Bolo enviou um comunicado oficial para os boleiros com recomendações e cuidados na preparação dos produtos durante a pandemia do coronavírus, como maneira de reiterar a segurança no preparo e na distribuição. 

Sobre Vem de Bolo 
Vem de Bolo é uma startup da Nestlé e é o único marketplace de bolos no Brasil. Ele conecta o consumidor com centenas de confeiteiros e confeiteiras independentes, que cozinham de maneira artesanal, caseira e principalmente com muita paixão pelo que fazem. Com Vem de Bolo, a Nestlé passa a compreender melhor as necessidades dos confeiteiros. 
O propósito do marketplace é desenvolver o mercado artesanal e independente de produção de bolos e doces, ajudando esses pequenos empreendedores gastronômicos a crescerem, atingindo cada vez mais clientes que valorizam produtos frescos, caseiros e de qualidade.

Com informações de Giovana Reis Cardoso, FSB Comunicação.

Área de comentários fechada.

Pin It on Pinterest

Share This