Permuta multilateral: uma das soluções contra a crise

Comentários desativados em Permuta multilateral: uma das soluções contra a crise Destaque Home, Negócios

5 benefícios que as permutas multilaterais podem proporcionar ao negócio 

Segundo levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mais de 30% dos empreendimentos de todos os setores já experimentam as consequências da pandemia sobre seus negócios. Contudo, algumas medidas podem ser tomadas para mitigar esses efeitos. De acordo com o fundador do Clube de Permuta, Leonardo Bortoletto, a permuta multilateral pode ajudar as empresas a superarem este momento crítico na economia. Inclusive, segundo levantamento feito pelo Clube, dos custos e despesas de uma empresa, a economia decorrente das transações por permuta pode chegar a 50%. 

Leonardo Bortoletto, fundador do Clube de Permuta.

Veja abaixo cinco motivos listados por Bortoletto aos quais a permuta pode salvar um negócio após o período de quarentena: 

  1. A permuta pode ser benéfica para o fluxo de caixa: quando uma empresa troca aquilo que ela tem, produto ou serviço, por algo que precisa, ela não altera o caixa e o preserva. Além disso, se a empresa tem algum gasto nessas operações, é apenas o preço de custo daquilo que ela oferece. 
  2. As trocas multilaterais podem contribuir para a manutenção de funcionários: além da manutenção dos funcionários estar diretamente ligada à preservação do caixa da empresa, é preciso considerar as necessidades dos mesmos. Nesse sentido, dentro de um ambiente de permuta multilateral, é possível adquirir algo da necessidade do colaborador, no momento em que ele precisa, e fornecer a ele, como se fosse uma antecipação do salário. 
  3. Apesar do cenário, é um bom momento para buscar empresas de permuta: quando uma empresa se associa ao Clube de Permuta, por exemplo, passa por uma análise detalhada de todas as despesas para verificar o potencial de venda do produto ou serviço. Baseado nesse estudo, o associado recebe um limite de operações, uma espécie de autorização para começar a fazer compras e vendas na plataforma. Se associando agora, a empresa já consegue fazer a aquisição de alguns bens, produtos ou serviços que são interessantes para ela, preservando o caixa em um momento importante e complicado para a economia global. 
  4. A permuta é vantajosa para a economia local de uma cidade: as transações feitas em uma empresa de permuta por exemplo, fomentam a economia local. Quando as trocas acontecem entre pessoas que já se relacionam de alguma maneira, dentro de um ambiente que elas têm em comum, elas fazem negócios melhores, individualmente, e a roda da economia na cidade gira e ganha força. 
  5. As transações por meio de permuta podem contribuir para a reestruturação da empresa pós período de isolamento social: o fim do isolamento social trará consigo algumas mudanças importantes em todo o mundo. As necessidades por alguns serviços serão maiores, como os de tecnologia, consultorias, implementação de novas tecnologias, de gestão e de RH, por exemplo. Com a permuta, a empresa consegue fazer tudo isso preservando o caixa da empresa, o que pode ser crucial para sua manutenção depois de um período tão difícil. 

Sobre o Clube de Permuta 
Fundado em 2012, por Leonardo Bortoletto, em Belo Horizonte (MG), o Clube foca o relacionamento entre empresários que resulta em permutas multilaterais de produtos e serviços variados. Para entrar, o interessado precisa da indicação dos sócios ou associados e passa por uma análise, na qual os gestores verificam se a oferta e a demanda da empresa realmente contribuem com a organização. Após a aprovação, o membro recebe um limite de operações em permuta para realizar as trocas dentro da plataforma, que já movimentou mais de R$ 150 milhões. 

Com informações de Bianca Massafera.

Área de comentários fechada.

Pin It on Pinterest

Share This