Fintech pode ser alternativa de crédito para PMEs em meio a pandemia

Comentários (0) Finanças, Mercado Financeiro, Startups

Baseada em dados e serviços de crédito para empresas de receita recorrente, startup a55 viabiliza crédito e plataformas gratuitas para auxiliar empreendedores
_

A pandemia ocasionada pela Covid-19 tem avançado as fronteiras da saúde e causado mudanças e complicações nas finanças de grande parte dos brasileiros, principalmente no bolso dos pequenos e médios, empreendedores que estavam com seus comércios e empresas fechadas e sem opções para crédito e empréstimo.

Isso porque a Caixa Econômica Federal já atingiu seu limite de crédito na linha do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). O banco, que já emprestou 1,95 bilhão de reais desde o dia 16 de junho, tem um limite de cerca de 3 bilhões de reais no programa, o que equivale a 20% dos 15,9 bilhões de reais liberados pela União ao Fundo Garantidor de Operações (FGO).

Neste cenário, a a55 – fintech especializada no financiamento do crescimento de empresas com base em receita previsível – aparece como uma das alternativas de crédito para PMEs em meio a pandemia. Até hoje, a empresa já concedeu mais de R$ 100 milhões em crédito e ajudou no crescimento de mais de 100 empresas de diversos tamanhos.

Com operações no Brasil e no México, recentemente, a a55 acaba de aperfeiçoar sua tecnologia e apresentar ao mercado o aSR – aSuaReceita, uma plataforma gratuita para crescimento empresarial baseado em dados e serviços de crédito para empresas de receita recorrente. Com ela, os seus clientes podem ter um dashboard completo sobre o desenvolvimento financeiro da empresa, colaborando com a gestão de clientes, fluxo de caixa e monitoramento bancário. A plataforma auxilia também o empreendedor a estabelecer metas financeiras e monitoramento de contas.

Os avanços desta tecnologia permitiram que a startup adotasse métodos mais flexíveis e meios de funcionamento mais inovadores por meio do modelo de negócios Open Banking totalmente digital e integrada, pois através dos dados gerados pelo sistema, a fintech disponibiliza um crédito já pré-aprovado para empresas continuarem crescendo e promete ajudar neste momento de retomada. “Estamos prontos para auxiliar no desenvolvimento financeiro e crescimento dessas empresas da nova economia”, enfatiza o CEO e cofundador, André Wetter.
_

SOBRE A EMPRESA
Fundada em 2018, a a55 é uma TechFin especializada em financiamento para empresas com base em receita previsível. Por mês, a empresa gera de R$ 7 milhões a R$ 10 milhões, em média, em novas linhas. Com demanda cada vez maior desde o seu surgimento, a a55 tem expandido seu time e estimando também crescer ainda mais sua carteira de clientes, que já passa de cem. Com disponibilidade de funding de US$ 40 milhões, já foram mais de 350 operações em 50 companhias, totalizando R$ 100 milhões no Brasil e US$ 7 milhões no México. Recentemente, a a55 captou US$ 6,5 milhões em rodada de investimentos liderada pelo Santander InnoVentures.

Com nformações de Vanessa Ratti, Seven PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This