Empreendedoras seguem crescendo com criatividade

Comentários (0) Boa ideia, Empreendedores, Inspiração

Em meio à pandemia do Coronavírus, empresas seguem com boa demanda e contam com assistentes virtuais para auxiliar no aumento de trabalho

O que tem sido fator muito preocupante para o mundo dos negócios com o surto de Coronavírus no Brasil é a economia. Os empresários e empreendedores, em muitos casos, não sabem como será o futuro depois que a pandemia acabar.

Muitas empresas estão cancelando contratos e demitindo funcionários porque seguem sem perspectivas de lucros. Contudo, há uma parcela de negócios que ganharam ainda mais clientes e destaque neste período por atenderem os chamados serviços essenciais. E, neste meio, existem aqueles empreendedores que vencem a crise com criatividade e mais flexibilidade.

A Just Virtual Real, startup que conecta assistentes virtuais a empreendedores, visando facilitar diversas tarefas que tomam tempo e precisam de conhecimento específico, atua com diversas empresas em vários segmentos de negócios e possui clientes que, inclusive, aumentaram suas ofertas de serviço por necessidade dos consumidores. “Uma de nossas assistentes atende um médico que adequou suas consultas por videoconferência, e ela auxilia pacientes que têm dificuldade em se conectar. Além disso, teve reunião de prospecção com novos clientes nesta última semana”, conta a CEO da startup, Camile Just.

Camile Just, CEO da startup.

Além da readaptação para conseguir atender uma necessidade constante, existem outras empresas que usaram ferramentas já existentes e a criatividade para manter o fluxo de trabalho. “Um de nossos clientes aumentou a demanda da assistente contratada por ele para atualizações no blog. Ele buscou o caminho de informar e educar seus parceiros de negócios. Já outro, criou algumas ações online voltadas para crianças e o trabalho da assistente é auxiliar com os e-mails e no gerenciamento dessa comunicação”, revela a sócia da Just Virtual, Michelle Diniz.

Os serviços mais essenciais como alimentação, seguem na ponta da economia e podem ser determinantes para uma luz no fim do túnel. “Nossos clientes da área alimentícia tiveram aumento de 40% por conta do delivery e decidiram investir no atendimento ao cliente. Mas, além disso, como forma de otimizar seus custos atuais, as empresas também contam com a gente para os trabalhos financeiros como relatório do fluxo de caixa dos próximos meses, entradas e saídas, pensando na saúde financeira. Temos clientes que investem nessa nossa expertise para evitar mais dores de cabeça no futuro”, diz Michelle.

Michelle Diniz, sócia da Just Virtual.

Para Camile Just esse é o momento dos empresários e profissionais liberais olharem para os pontos cegos dos seus negócios, principalmente nessas áreas: digitalização dos seus negócios, fluxo de caixa, relacionamento com o cliente, seus produtos e serviços. E, claro, podem contar com serviços remotos especializados para apoiá-los nesse momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This