Do clássico ao sofisticado

Comentários (0) Case de Sucesso

Senhor Pudim

Com receitas exclusivas, doceria aposta na venda de pudins em sabores e tamanhos variados e conquista público paulistano

Os velhos doces caseiros voltaram a cair no gosto dos brasileiros, que hoje não abrem mão de comer bem, mas com praticidade. E quando falamos em praticidade, isso inclui – por que não? – comprar ao invés de fazer.

No entanto, alguns doces são tradicionais na mesa dos brasileiros. São aqueles que remetem à infância, trazem algo especial e não são tão facilmente encontrados em doceria, padaria ou no supermercado da esquina. Pelo menos não com gostinho caseiro.

Então onde encontrar essas guloseimas que comíamos na casa da vovó aos domingos ou que nossas mães faziam quando éramos crianças?

Depois das casas de bolos, que são focadas no público que quer consumir produtos caseiros e ao mesmo tempo diferenciados, alguns empreendedores começaram a se inspirar em fazer algo mais segmentado, criando casas especializadas em algum tipo de delícia tradicional e caseira, como é o caso do Senhor Pudim.

No mercado desde 2014, a doceria surgiu para suprir essa demanda, depois de Marcos André Martins perceber que havia procura das pessoas por doces específicos, que trouxessem o ar caseiro, mas também com inovações. “Desde que começou a surgir as lojas especializadas em um único produto, uma luz brilhou e me deu coragem para investir no meu próprio negócio”, conta ele, que é proprietário e chef confeiteiro do Senhor Pudim.

No entanto, a ideia contou também com outros incentivos. Os amigos e familiares de Martins sempre insistiram para que ele começasse a comercializar o doce. Então, o que para ele era apenas um hobby, virou de fato um negócio que – diga-se de passagem – deu muito certo. Não é para menos, pois, segundo Martins, em todos os almoços, jantares e encontros da família e dos amigos, a sobremesa mais pedida sempre foi o seu “famoso pudim”. “Sou apaixonado por pudim desde criança, é o meu doce preferido, então me especializei em criar versões dele”, afirma.

Não pense, contudo, que Martins já era um chef confeiteiro renomado antes de abrir o Senhor Pudim. O empresário, antes de fundar a empresa, chegou a atuar na área de design de interiores. Mas percebeu, contudo, que investir na sua paixão poderia lhe trazer melhores frutos.

De tudo um pouco

A loja, localizada no bairro de Moema, zona sul de São Paulo, é especializada em pudins gourmet, mas no cardápio o cliente pode encontrar outros doces variados, como pães de mel, galhetinhas de chocolates e uma linha de chocolates desenvolvida na própria loja. Contudo, o rei e carro-chefe da casa é o pudim.

Quando abriram, há quatro anos, eram vendidos 18 tipos de pudins – o que já era uma variedade imensa da sobremesa mais tradicional do Brasil. Hoje, esse número ultrapassa mais de 30 sabores comercializados todos os dias, que vão de R$10,00 a R$130,00. Entre os sabores mais requisitados pelos clientes estão o tradicional, em seguida, fava de baunilha, pistache, chocolate belga, doce de leite, nutella e coco.

Existem ainda os sabores que são vendidos apenas em algumas épocas do ano, pois, de acordo com André Martins, períodos sazonais pedem uma atenção especial de vendas, como é o caso das festas juninas, quando são vendidos também pudins de quentão, milho verde e paçoca. Na primavera tem uma saída grande de sabores como água de flor de laranjeira, água de rosas e lavanda. E o Natal é a época dos pudins de chocotone e panetone.

A magia do pudim

A loja possui a sua própria cozinha, de onde saem todos os pudins fresquinhos. Todas as receitas são desenvolvidas e testadas pelo chef confeiteiro. E, segundo ele, a alta demanda exigiu a construção de uma nova cozinha, mais moderna e maior.

O segredo de tanto sucesso não sabemos, mas o proprietário afirma que, além de os ingredientes serem de excelente qualidade, o diferencial está no próprio produto. “São pudins gourmet, pois uso ingredientes nobres na preparação, tais como fava de baunilha, chocolate belga, creme de avelã, entre outros. Nossos pudins são extremamente cremosos, lisinhos e leves”, afirma.

Outro diferencial da doceria, de acordo com ele, está na própria forma de vender os pudins. “Vendemos os pudins em todos os tamanhos e eles são entregues aos clientes em fôrmas de alumínio e embrulhados para presente”, conta.

Além disso, criaram também uma maneira de fidelizar os clientes, dando a eles algumas vantagens. “O cliente que trouxer a fôrma de volta ganha um desconto na próxima compra, bem como se trouxer a própria sacola da loja ganha mais um desconto. A ideia de sustentabilidade está sempre presente em nossa visão”, afirma o chef.

Pé na estrada

O Senhor Pudim recebe todo tipo de cliente, desde casais com filhos até pessoas mais velhas e jovens que buscam experimentar o doce. Possuem atualmente cinco funcionários e contam com delivery terceirizado.

Mas quem vê toda essa estrutura da empresa, hoje, não imagina os obstáculos que Martins enfrenta para fazer o seu negócio prosperar. Sabemos que o principal desafio do mercado para os micro e pequenos empresários brasileiros gira, na maioria das vezes, em torno da economia. E no caso do Senhor Pudim não é diferente. “Os aumentos dos insumos e de outras matérias, como as fôrmas de alumínio e embalagens, diminuem a nossa margem de lucro, uma vez que não é possível repassar sempre isso para o cliente”, desabafa.

Contudo, o chef comemora o quanto a empresa já se desenvolveu nesses quatro anos. “Mesmo assim, a nossa empresa vem crescendo, é em um ritmo pequeno, mas o importante é o crescimento sempre!”

Prova desse crescimento é o reconhecimento do próprio mercado, adquirido diariamente na opinião dele, seja através de e-mails de agradecimento e elogios ou do aumento diário na quantidade de seguidores nas redes sociais.

De acordo com Martins, o crescimento vem acontecendo em torno de 18% ao ano. Eles possuem atualmente uma única loja, mas a partir de 2019 iniciarão a expansão pelo formato de franquias.


Serviço

Senhor Pudim

Alameda dos Aicás, 471

Bairro: Moema – São Paulo/SP

Telefone: (11) 5051-3632


Senhor Pudim

Crédito: Divulgação/ Hayai

“Desde que começaram a surgir as lojas especializadas em um único produto, uma luz brilhou e me deu coragem para investir no meu próprio negócio”

Marcos André Martins, proprietário e chef confeiteiro do Senhor Pudim

“São pudins gourmet, pois uso ingredientes nobres na preparação, tais como fava de baunilha, chocolate belga, creme de avelã, entre outros”

Marcos André Martins, proprietário e chef confeiteiro do Senhor Pudim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This