Consultorias on-line em projetos de arquitetura ganham mercado

Comentários (0) Casa e Decoração, Tendência

A pandemia do novo coronavírus modificou a realidade de aproximadamente 106 mil arquitetos e urbanistas ativos no país, segundo registro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR). Com a digitalização dos serviços, os profissionais da área tiveram que readaptar o atendimento por videoconferências, conhecer cômodos por fotografias, solicitar medidas das áreas e enviar plantas tridimensionais (projetos 3D) para os clientes.

Esse é o caso do arquiteto baiano Márcio Barreto, que atua há 6 anos com arquitetura acessível e design de interiores. A frente da “Arquitetura do Barreto”, o profissional teve que se adaptar ao home office com a chegada da pandemia, deixando as atividades presenciais do escritório — localizado no Caminho das Árvores, em frente ao Salvador Shopping — paralisadas por tempo indeterminado. 

Acreditando que a procura por serviços de arquitetura diminuiria consideravelmente na pandemia, Márcio conta que se surpreendeu com o aumento de demanda por consultorias e projetos online durante a crise. Repaginando espaços através de intervenções nos cômodos e desenvolvendo plantas digitais completas — dando início às obras assim que flexibilizar as medidas do isolamento social —, o arquiteto conta que o modelo online tem facilitado o encontro com os clientes.

Márcio Barreto, arquiteto.

“Inicialmente imaginei que a demanda por novos projetos fosse ser quase zero, mas confesso que me surpreendi bastante. Com o distanciamento social, as pessoas voltaram suas atenções aos lares, pensando em algumas modificações, básicas ou complexas, para se sentirem mais confortáveis dentro de casa”

Oferecendo serviços de arquitetura na pandemia, com reuniões e entregas 100% online, Márcio formatou uma consultoria personalizada, dando tempo para o cliente analisar as soluções propostas. Através de três videoconferências via aplicativo ‘Zoom’, o arquiteto avalia as medidas do espaço, conversa sobre possibilidades dentro dos cômodos, apresenta imagens em 3D do projeto e faz as alterações solicitadas na planta digital. 

Com a possibilidade de reconhecer o lar reformado nas telas dos computadores, tablets e/ou smartphones, o profissional explica que a procura se mantêm elevada pela praticidade do modelo digital, que atende a disponibilidade dos clientes e adianta as fases iniciais (planejamento) do projeto, deixando o contato presencial apenas para o começo das reformas. 

Mesmo estando entre os mais de 13 mil profissionais da área que atuam no Nordeste, segundo registro do CAU/BR, Márcioexplica que as consultorias online têm ultrapassado as fronteiras das regiões, permitindo o atendimento de clientes em outros estados e cidades. 

“Tenho gostado muito da experiência digital e acredito que esse será o caminho, mesmo após a pandemia. Alguns clientes tinham dificuldade de agendar as reuniões de apresentação do projeto e agora posso apresentar a eles de maneira virtual. Minha intenção e vontade será fazer o máximo que puder online, pois vejo um cenário vantajoso, prático e acessível para ambos”, relata. 

Cliente da Arquitetura do Barreto, Vanessa Almeida, 33, afirma que a consultoria online surpreendeu suas expectativas. “Falamos muito dos meus gostos e do que eu queria para minha casa, mas mais do que isso, a consultoria abriu meu leque de opções para repaginar os ambientes. Hoje em dia, eu indicaria para qualquer um fazer essa consultoria ou desenvolver projetos online”, conclui.

Com informações de Luma Bragança, Criativos.
Foto de capa: Lex Photography no Pexels

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This