Como realizar uma gestão empresarial eficiente?

Comentários (0) Administração, Destaque Home, empreendedorismo, Finanças, Gestão

Fábio Ieger, CEO da iCertus, pontua os principais processos para melhorar esse aspecto, auxiliando empresas a se estabelecerem no mercado

Os benefícios de uma gestão empresarial eficiente são cada vez mais visíveis na indústria, fazendo com que diversas empresas se consolidem de vez no mercado. 

Esse tipo de administração traz uma visão de empreendedorismo mais ampla, aderindo a uma análise profunda das ações dos concorrentes com o intuito de elaborar novos planos de negócios, buscando alavancar a escalabilidade da empresa. 

Fábio Ieger, CEO da iCertus, revela que existe um caminho a ser seguido em busca de uma gestão mais efetiva. “A modelagem do seu negócio é o primeiro passo e, para executá-la, é preciso avaliar alguns pontos. Saiba o que você oferece aos clientes e qual é a proposta de valor que seu negócio traz ao mercado, dando ênfase no segmento em que sua empresa atua. Esse modelo de negócio deve auxiliar na logística de atendimento aos clientes, estreitando os vínculos com seus consumidores”, relata.

O próximo passo é um planejamento estratégico robusto, escolhendo corretamente quais técnicas devem ser utilizadas. “Isso irá auxiliar a estabelecer a direção que sua empresa seguirá. A falta de planejamento é um dos principais motivos de tantas indústrias morrerem logo em seus anos iniciais, sendo um estopim de problemas a curto prazo”, explica o empresário.

Para Ieger, a gestão financeira também é fundamental para o crescimento de uma companhia. “As finanças são o coração de qualquer negócio, sendo responsável em garantir que os recursos sejam distribuídos corretamente por toda a operação. Por isso, é importante que os gestores estejam familiarizados com termos como, capital de giro, fluxo de caixa, centro de resultados, entre outros que auxiliam em um melhor controle financeiro”, pontua.

Um dos desafios mais complexos no início da jornada de uma indústria é justamente a captação de recursos. Quanto mais competitivo o mercado, mais o cliente pode barganhar por pagamentos flexibilizados – e a indústria se endivida para cumprir prazos sem entrada de receita.

Essa situação corriqueira já não é mais o maior dos desafios para os clientes da iCertus – a funcionalidade de Antecipação de Recebíveis é utilizada por mais de 60% das indústrias de forma recorrente como forma de obtenção imediata de receita mediante suas vendas já realizadas. As taxas são o maior atrativo da operação, já que elas podem chegar a 0,5% a.m. a quem é aprovado na operação, com o crédito sendo liberado em 30 minutos.

O mercado tem se tornado cada vez mais competitivo, fazendo com que as empresas atuem de maneira mais estratégica, acompanhando métricas e possíveis melhorias. “Mapear cada mudança, acompanhando métricas pré-estabelecidas é fundamental para executar a gestão empresarial da maneira correta. Este controle precisa ser realizado de forma contínua, visando um aprimoramento constante”, revela o CEO.

De acordo com Ieger, para que seu negócio prospere e siga em constante crescimento na indústria, é preciso ganhar tempo em processos que podem ser automatizados. “A iCertus disponibiliza ferramentas que oferecem ao gestor total controle sobre a gestão de sua empresa, acompanhando diariamente todos os setores da indústria. Nossa inteligência artificial acompanha cada passo do empreendimento, transformando informações em dados que facilitam nas decisões e estratégias de mercado”, finaliza.

Foto Produção – Equipe Certus, empresa fundada por Fábio Ieger

iCertus
O iCertus proporciona ao usuário uma experiência agradável e intuitiva, utilizando ícones de fácil compreensão, com telas simplificadas que garante todas as informações em um só lugar. Com relatórios de fácil compreensão, o software auxilia na tomada de decisões no dia a dia, e,  agregado a isso, oferece serviços financeiros como a antecipação de recebíveis e empréstimos de capital de giro para tornar a administração financeira mais segura. 
Constante crescente de inovação, a empresa iCertus já recebeu investimentos da Bossa Nova, de João Kepler e Pierre Schurmann; e da IVP, de Fabricio Bloisi e Bruno Rondani e João Bezzera, ex-CTO do Banco Itaú; Poli Angels, de Rozallah Santoro, Marco Poli, entre outros, além de passar pela aceleração da Baita Aceleradora, na Unicamp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This