Brasil registra melhor índice de empreendedorismo em 20 anos

Comentários (0) Franquia

A pandemia do novo coronavírus impactou de forma drástica a economia e empreender tem sido o lema para muitas pessoas. De acordo com a análise da série histórica da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada com o apoio do Sebrae, o Brasil registrou em 2020 o melhor índice de empreendedorismo em 20 anos. O número de microempreendedores individuais (MEIs) no país cresceu 14,8%, chegando a 10,9 milhões de registros. 

Nesse sentido, as microfranquias despontam com diversas opções a custos acessíveis para quem perdeu o emprego ou guardou dinheiro para investir. O país tem atualmente cerca de 600 redes em operação com a oferta deste modelo. De acordo com Claudio Tieghi, da Kick Off Consultores, elas não demandam administração complexa, necessitam de um número reduzido ou não precisam de funcionários, podem se enquadrar em classificações fiscais que favorecem os pequenos negócios, como Simples e Super Simples, costumam encontrar linhas de crédito com taxas atrativas e ainda contam com suporte da franqueadora. O investimento inicial necessário para esse tipo de franquia é baixo, podendo variar, de acordo com o modelo de negócio, até R$ 90 mil.

– As vantagens de se ter uma microfranquia são muitas, ainda mais num momento de crise. Trata-se de uma grande oportunidade para quem vai empreender, principalmente, se está vindo do mercado formal de contratação. É praticamente uma mudança que mexe na estrutura da relação, não mais como funcionário, mas como um pequeno empresário trabalhando numa rede de negócios – destaca Tieghi.  

O candidato a uma franquia precisa estar atento, no entanto, a alguns fatores antes de empreender, como, por exemplo, ter conhecimento da operação e estar disposto a tocar, de fato, o dia a dia do negócio. “Para quem quer empreender no franchising, alguns cuidados são fundamentais, como entender qual é o seu papel como franqueado. Algumas pessoas pensam que, comprando uma franquia, não vão precisar vender e se envolver no dia a dia do negócio e isso não é verdade, principalmente no caso das franquias de valores de investimento mais baixo. A autoanálise, buscando identificar como seria o seu desempenho atuando no segmento escolhido, é o começo de tudo”, explica o especialista.

– Outro ponto fundamental é analisar a franquia na qual se pretende investir tempo, dedicação e capital. A lei de franquia estabelece que todo franqueador deve fornecer a COF (Circular de Oferta de Franquia) para o interessado antes de que seja assumido qualquer compromisso. Na COF existem informações valiosas para o candidato, como o contato dos franqueados atuais e os que deixaram a rede nos últimos 24 meses. Conversar com essas pessoas pode dar uma visão profunda de como é a rotina do franqueado da marca – reforça.

Existem diversas opções de microfranquias, para todos os interesses e condições. Conheça alguns exemplos com investimento inicial a partir de R$ 4,5 mil.  

Paper Pão

É uma franquia de publicidade em saco de pão, criada em 2016. O franqueado lucra com a venda dos espaços publicitários, que são do tamanho aproximado a de um cartão de visitas. Cada saquinho pode conter até 32 anunciantes. Os anúncios são veiculados por tiragem (a partir de 10 mil exemplares cada). A empresa conta com 15 franquias espalhadas pelo país.

Raio-X:

  • Investimento inicial: R$ 4.500
  • Royalties: isento nos quatro primeiros meses e R$ 200 a partir do quinto
  • Taxa de publicidade: isento
  • Faturamento médio mensal: de R$ 8.000 a R$ 15 mil
  • Lucro médio mensal: 30% a 45%
  • Prazo de retorno: de 6 a 18 meses
  • Site: www.paperpao.com.br

Ginástica do Cérebro

É uma rede de cursos de estimulação cognitiva por meio de atividades como o soroban (instrumento lógico-matemático de origem oriental), jogos e desafios que estimulam a memória e o raciocínio lógico, entre outras capacidades. Com a paralisação das aulas presenciais na pandemia, a rede migrou para o ensino a distância e teve um crescimento no número de alunos de cerca de 40%, a maior parte formada por idosos. O franqueado atua como instrutor dessas atividades. A empresa conta com 20 unidades em 10 estados. Nesse contexto, a franqueadora lançou um modelo de operação voltado para cidades pequenas, com formato móvel.

Raio-X

  • Investimento inicial: R$ 13 mil (inclui taxa de franquia, kit de abertura e capital de giro)
  • Royalties: 8% sobre o faturamento
  • Taxa de publicidade: 2% sobre o faturamento
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 6,5 mil
  • Lucro médio mensal: de 25% a 40%
  • Prazo de retorno: de 12 a 18 meses
  • Site: https://ginasticadocerebro.com.br/

Conserta Express

É uma rede de franquias de serviços e reparos (como pintura, hidráulica, elétrica e segurança) em residências e empresas. Durante a pandemia, a empresa vendeu 20 microfranquias (home based), um crescimento de 15% em relação ao período anterior. Na prática, o franqueado atua na administração do negócio ou executando os serviços. Criada em Campinas (SP), em 2007, a empresa tem 51 unidades em operação.

Raio-X

  • Investimento inicial (home based): de R$ 13,5 mil a R$ 15 mil (inclui taxa de franquia)
  • Royalties: de R$990 e R$ 1.405 por mês (variação depende do tamanho da cidade)
  • Faturamento médio mensal: de R$ 6.000 a R$ 14 mil
  • Lucro médio mensal: de 25% a 45%
  • Prazo de retorno: de 6 a 12 meses
  • Site: https://www.consertaexpress.com.br/franquia-marido-de-aluguel 

Cuidare Brasil

É uma das maiores redes de cuidadores de idosos e pessoas com necessidades especiais do país. Tem mais de 80 unidades franqueadas em 20 estados e no Distrito Federal e em Portugal. O franqueado fica responsável pela seleção, treinamento, coordenação, supervisão e encaminhamento da sua equipe de cuidadores qualificados (todos com curso de técnico de enfermagem), além de fazer a intermediação entre quem procura o serviço e o profissional especializado. Com a pandemia do novo coronavírus e as regras de isolamento social, a procura pelos serviços da rede aumentou em 30%.

Raio-X

  • Investimento inicial: de R$ 25 mil a R$ 40 mil (dependendo do tamanho da cidade)
  • Royalties: De 1 a 1,5 salário mínimo por mês, a partir do 4º mês do treinamento
  • Taxa de publicidade: isento
  • Faturamento médio mensal: de R$ 54 mil a R$ 180 mil
  • Lucro médio mensal: entre 16% e 23%
  • Prazo de retorno: de 12 a 18 meses
  • Site: https://cuidarebr.com.br/seja-um-franqueado/

Guia-se

É a maior franquia de marketing digital do Brasil, com mais de 140 unidades franqueadas. No franchising desde 2010, conquistou sete vezes consecutivas o Selo de Excelência da Associação Brasileira de Franchising (ABF). O franqueado é responsável por prestar consultoria de marketing digital, que engloba criação de sites, desenvolvimento de lojas virtuais, links patrocinados e mídias sociais, entre outros serviços. Durante a pandemia, a rede cresceu com contratos para novas operações e iniciou sua internacionalização, em Portugal.

Raio-X

  • Investimento inicial: R$ 28,9 mil
  • Royalties: 10% sobre o faturamento
  • Taxa de publicidade: 3% sobre o faturamento
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 10 mil
  • Lucro médio mensal: 50%
  • Prazo de retorno: de 6 a 24 meses
  • Site: https://www.franquiaguiase.com.br/

Foto de capa: Gustavo Fring no Pexels

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This