Black Friday: como aproveitar todo potencial de vendas dessa data

Comentários (0) Atitude PME, Destaque Home, E-commerce

Boa parte dos varejistas em todo o mundo aguardam ansiosos pelo mês de novembro, período em que acontecem as tradicionais promoções de Black Friday, que vem sendo encarada com esperança para uma tentativa de recuperação do nível de vendas e, consequentemente, do faturamento das empresas, que ficaram comprometidos em 2020 em decorrência do isolamento social exigido no combate ao Covid-19. A esperança e o otimismo não são infundados.

De acordo com uma pesquisa realizada pela TracyLocke Brasil, agência de shopper experience dos grupos DDB/ABC, em parceria com a Behup, startup de tecnologia e análise de comportamento do consumidor, 67% dos brasileiros pretendem aproveitar as promoções da Black Friday. Ainda de acordo com o levantamento, os consumidores ficarão ainda mais atentos aos preços e 59% deles admitiram que a escolha entre lojas físicas e online para a realização das compras será determinada pelos descontos oferecidos por cada uma.

Felipe Rodrigues, sócio-diretor da plataforma de cashback Meu Dim Dim

Felipe Rodrigues, especialista em e-commerce e sócio-diretor da plataforma de cashback Meu Dim Dim, orienta os varejistas que já comecem, desde já, os preparativos para a Black Friday a fim de potencializar seus ganhos quando novembro chegar. O profissional preparou, inclusive, algumas dicas para que lojista faça seu planejamento e consiga alcançar retorno significativo nesta, considerada a data que mais fomenta as vendas antes do Natal: 

  • Comece a pensar na data com antecedência. Um bom planejamento vai refletir diretamente no resultado da ação; 
  • Verifique seu estoque e se certifique quanto à disponibilidade de produtos. Essa é uma boa ocasião para fazer queima de estoque em caso de produtos que não tiveram “saída” anteriormente; 
  • No caso das lojas online, converse com o time de logística, tanto interno quanto externo, e certifique-se de que não haverá problemas com as entregas; 
  • Tenha sempre em mente que essa é uma oportunidade para atrair e conquistar novos clientes – aqueles que não conhecem a loja ou que não compraram nela anteriormente – assim, certifique-se de que o cliente terá uma experiência positiva e marcante. Para isso, cuide para que a loja online não saia do ar em uma época de vendas como esta; 
  • É importante ter um time de atendimento preparado para sanar dúvidas e auxiliar os clientes no momento de efetuar as compras inclusive durante a madrugada, quando o número de pessoas acessando as lojas tende a crescer; 
  • Atenção ao preço dos produtos. O consumidor está cada vez mais atento e pesquisando os produtos que quer adquirir desde já. Assim, cuidado com os preços praticados atualmente e os que serão anunciados na Black Friday. Garanta que o desconto será real e evite dor de cabeça; 
  • Também é importante tomar cuidado com o valor do frete. Não adianta oferecer desconto no produto e embuti-lo no frete; 
  • Não tente enganar o consumidor; 
  • Seja transparente. Se determinado produto em promoção for de uma coleção anterior, deixe isso claro nas regras da compra; 
  • Para garantir que os clientes saibam dos itens em promoção, comece a anunciar a participação da loja na Black Friday com algumas semanas de antecedência. Bons meios para isso são as redes sociais e o e-mail marketing. Seja criativo, ofereça pequenas “pílulas” do que será possível adquirir com descontos; 
  • Faça comunicações inteligentes. Avalie o histórico de compras de quem já é cliente da sua loja e, se possível, ofereça produtos relacionados na Black Friday com descontos especiais para esse consumidor específico. Ele se sentirá prestigiado e lembrado pela loja. Essa é uma boa forma de firmar relacionamento e fidelizar clientes; 
  • Ainda pensando no cliente, busque formas de oferecer vantagens a ele. Que tal oferecer cashback, por exemplo? Caso a loja já trabalhe com esse tipo de “ferramenta”, avalie a possibilidade de ampliar o percentual de cashback durante a Black Friday. Esse pode ser um diferencial interessante para quem estiver em dúvida sobre fazer suas compras em lojas físicas ou online; 
  • Trabalhe com seu time para fazer com que a Black Friday seja positiva para todos e para que sua loja não se enquadre entre as lojas que fazem “Black Fraude”. Uma reputação manchada dificilmente é recuperada; 
  • Faça benchmarking. Analise e entenda em que aspectos é possível melhorar a atuação da sua loja a fim de oferecer atendimento de qualidade ao seu cliente; 
  • Por fim, avalie se é viável para a sua loja fazer uma “Black Week” ou “Black Month” e só aposte nisso se realmente houver estrutura para tal. Essa pode ser uma boa estratégia para vender melhor durante um período mais extenso. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This