#AtitudePME / 02 / Insecta Shoes, Viziomed e Grupo MM

Comentários desativados em #AtitudePME / 02 / Insecta Shoes, Viziomed e Grupo MM Atitude PME, Inspiração

Pequenas empresas que inspiram grandes ações

A quarentena pegou muita gente de surpresa, especialmente as empresas que não tinham fundo de reserva. Esse momento tem sido um grande desafio especialmente para a economia e para os negócios, mas em alguns casos, empresários estão conseguindo ganhar mercado com o lançamento de novos produtos e serviços.

“O que eu mais gosto no empreendedorismo são os desafios, esse momento está sendo muito complicado, mas também nos dando a chance de reinventar”, conta Barbara Mattivy, fundadora da Insecta Shoes, marca brasileira, B-Corp de sapatos e acessórios veganos que acaba de lançar um chinelo-pantufa (chitufa!?) com os  mesmos materiais reciclados dos demais produtos da marca como garrafas pet, algodão, tecido, borracha e papelão, excedentes da indústria, para incentivar as pessoas a ficarem em casa.

Chitufa da Insecta Shoes Figo. (Divulgação)

A rede fechou suas três lojas físicas no dia 16 de março, respeitando a ordem de isolamento social. A empreendedora viu as vendas despencarem no início da pandemia, chegando a um terço do normal, uma vez que as lojas físicas representam 50% do faturamento. A estratégia foi fazer uma pesquisa com os clientes e entender o que estavam usando durante a quarentena e descobriu que estavam usando chinelo ou pantufa. Foi daí que surgiu a ideia da Chitufa, criada, produzida e fotografada em duas semanas para as vendas. No dia do lançamento, a empresa conseguiu atingir 30% da meta que tinha estabelecido para o mês.

Com as vendas, a Insecta Shoes pretende ajudar quem está mais precisando, já que 6% de todo o valor arrecadado será doado para a comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, para a compra de itens de higiene e água potável, além de ajudar a empresa a se manter saudável e auxiliar os pequenos negócios de família que dependem da marca para sobreviver.

Site gratuito em combate ao Covid-19

Já a Viziomed, plataforma de Inteligência Artificial (IA) para exames de imagem radiológicos, passou a disponibilizar para todos os hospitais do Brasil, gratuitamente (http://covid19raiox.com.br ), uma solução que ajuda a detectar lesões respiratórias provocadas pelo COVID-19 por meio do RX de Tórax.

Exame de raio-x de tórax detectando com precisão pneumonia. (Divulgação)

A integração com o hospital acontece por meio do site que coleta as imagens e envia para a plataforma Viziomed. Após a análise, a plataforma devolve a sugestão da IA ao fluxo de trabalho do radiologista a fim de ajudá-lo em sua decisão. Com isso, existe uma enorme redução de custo para os hospitais, acurácia no diagnóstico e diminuição significativa do tempo de análise. A empresa começou a pandemia com 12 clientes e hoje tem 19.

A startup já realizou 11 mil exames de RX de Tórax em apenas 45 dias. Acredita que termine o ano com 1,5 milhões de análises feitas através da plataforma e espera com isso gerar R$ 6,2 milhões na venda das soluções após o pico da crise. Após o lançamento do site gratuito, a empresa já recebeu 107 visitas para testar a tecnologia. O exame de raio-X de tórax da Viziomed serve como uma triagem para os hospitais e clínicas. Com o uso da inteligência artificial, em 60% a 70% dos casos é possível identificar a lesão causada pela doença e auxiliar o médico em sua decisão.

Eventos à distância

Uma das mais tradicionais empresas do setor de eventos nacionais e internacionais, o Grupo MM, com mais de 27 anos de mercado, não esperava por essa pandemia. Meire Medeiros, fundadora da companhia diz que já passou por muitas crises, mas jamais imaginou algo assim. “Não pensei que viveria para ver isso”, comenta a executiva.

Mesmo com todas as dificuldades, ela não se deixou abater. A companhia lançou um live streaming com tecnologia desenvolvida especialmente para a empresa a fim de apresentar ao mercado esse novo formato de negócio em parceria com Rafael Pongelupi sócio da RSTCom. A nova ferramenta pode ser acessada de qualquer lugar: computadores, smartv, smartfones, e comporta até 100 speakers simultaneamente. Pesquisas e votações em tempo real podem ser feitas por meio da plataforma, além do armazenamento de links e informações relevantes.

Embora estejamos na era da comunicação, muitas vezes encontramos barreiras para personificar online o que é entregue pessoalmente, mas com este novo produto, a companhia vai conseguir entregar quase todos os serviços agregados como já faz.

Pioneira no mercado na época de sua criação, a MM ainda hoje continua inovando suas estratégias e focando sempre em se atualizar para o cliente. Um dos exemplos é o seu sistema exclusivo de RSVP, serviço que auxilia a mensurar o nível de aceitação do evento através das confirmações de presença. Na agência, ele é feito a partir de uma plataforma de gestão 100% digital que possibilita a importação de listas de convidados, controle de budget, configurações de tipos de patrocínio, entre várias outras opções.

O setor de eventos foi um dos mais atingidos pela crise. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o segmento movimenta cerca de R$ 50 bilhões por ano no Brasil, e com as recomendações de quarentena, os prejuízos já ultrapassam mais de R$ 400 milhões em todo o setor no país.

Com informações de Leandro Leme, CPO Comunicação.

Área de comentários fechada.

Pin It on Pinterest

Share This