Aceleradora recifense investirá 1.6 milhão em startups brasileiras

Comentários (0) Startups

Startups de qualquer região do Brasil e voltadas a qualquer segmento podem se inscrever até o dia 23 de novembro e as selecionadas serão conhecidas em dezembro

A aceleradora Overdrives, que é mantida pela Ser Educacional – um dos maiores grupos brasileiros de educação superior, acaba de abrir inscrições para o novo programa de aceleração em parceria inédita com a NE Capital do Grupo JCPM – uma das maiores holdings do país com atuação nos setores de Shopping Center, Imobiliário e de Comunicação. 

As startups interessadas em participar terão até o dia 23 de novembro para submeter os seus projetos pelo site [ Pontes Overdrives ] . O foco são empresas em início de tração, ou seja, com produto inicial no mercado e primeiros clientes em uso. O programa acontecerá de maneira remota por conta da pandemia pelo novo coronavírus e startups de qualquer região do Brasil e voltadas a qualquer segmento podem se inscrever. 

O programa selecionará startups para estarem 6 meses em ritmo intenso de aceleração. Todas as edições contam com uma ampla rede de mentores, investidores e especialistas do mercado. Com uma metodologia ativa, o programa de aceleração auxilia nas tomadas de decisões estratégicas, na criação de uma operação forte e na conexão com uma rede mentores experientes em áreas fundamentais para o desenvolvimento de startups. A aceleradora apoia startups nacionais com modelos de negócio e mercado distintos.

O aporte financeiro nas empresas será feito em conjunto entre os dois grupos empresariais. Cada startup das 10 selecionadas terá um aporte financeiro de até 160 mil reais (totalizando 1.6 milhão de reais), com um retorno de até 12% em ações. Além do investimento, as startups terão acompanhamento presencial, capacitação profissional e conexão com o mercado de um grupo de startups. 

“O programa Pontes Overdrives é um marco na evolução do nosso Hub de Inovação. Com o Grupo JCPM abriremos novas e grandes oportunidades no ecossistema de startups. Será um grande diferencial no mercado de inovação brasileiro e nordestino!”, explicou o head da aceleradora do Centro de Inovação, Luiz Gomes. 

“Um processo de aceleração como esse nos dá a oportunidade de ter contato com iniciativas de diversas áreas, vindas de todo o Brasil, e pode ser um importante veículo para diversificação dos negócios e para buscar inovação nos setores onde já atuamos. Adicionalmente, envolver nossos executivos em processos de colaboração com as startups aceleradas trará crescimento pessoal para os mesmos e fortalecerá a nossa cultura de inovação”, pontua o gerente de Inovação do Grupo JCPM, Sérgio Barreto.

O programa apresenta um modelo de aceleração atrativo por cobrir as cinco demandas principais das startups em início de operação: Acesso à capital, Acompanhamento Estratégico e Operacional, Conexão com o Mercado, Apoio Técnico por meio de uma extensa rede de mentores e o desenvolvimento de uma comunidade empreendedora aberta às trocas de experiência.

Com quase 3 anos de operação, a Overdrives já realizou 3 turmas de aceleração, investindo em 11 startups que atuam em mercados distintos. Para 2021 a aceleradora pretende executar 4 programas se aproximando ainda mais de startups que operem em quaisquer regiões do Brasil. 

Dentre as startups já aceleradas e de destaque pela Overdrives, podemos destacar a Zeropay que foi selecionada por ter um buscador de seguros para pessoa física e, ao longo do programa, enxergou uma oportunidade dentro da Ser Educacional. Hoje a startup é o sistema de gestão para os seguros saúde da corporação, o que gerou um crescimento tremendo para o negócio no último ano. 

Com informações de Beatriz Bevilaqua.
Imagem de capa: Megan Rexazin por Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pin It on Pinterest

Share This