15 dias para reinventar um negócio e enfrentar a crise

Comentários desativados em 15 dias para reinventar um negócio e enfrentar a crise Sem categoria

Uma empresa foi criada para vender comida pronta por e-commerce e WhatsApp e entregar diretamente na casa do consumidor. Até aí, nenhuma novidade. A diferença é que ela foi concebida e colocada para operar em apenas 15 dias, ainda no mês de março, quando os sócios – que comandam a Basilic Gastronomia & Eventos – viram todos seus contratos cancelados devido a proibição de eventos pela pandemia de Convid-19. 

Para agravar a situação, isso tudo aconteceu após um investimento de R$500 mil na nova sede, no coração do quarto distrito de Porto Alegre, região que vem recebendo diversos empreendedores e novos negócios. Com um pavilhão de 900 m2, com cozinha equipada, câmara fria, escritório, parte destinada a eventos e experiências, projetos de expansão da Basilic e da Cozinhe.me, startup incubada, estava tudo pronto para um ano de crescimento. “Uma superestrutura. Começamos a obra em dezembro e terminamos início de março. A gente se mudou e os eventos pararam.”, relata Flávio Luce, sócio. 

Foi então que o DNA de inovação e criatividade dos sócios falou mais alto e eles colocaram em prática a MISE, ideia que ainda era embrionária e prevista para talvez um ou dois anos. “Se tivéssemos um pensamento tradicional seria muito mais difícil se movimentar com tanta rapidez, mas atuamos na lógica de enxergar recursos disponíveis e antecipar uma ideia”, destaca Flávio. O nome veio do termo francês Mise en place, utilizado na gastronomia para designar a organização dos ingredientes antes do preparo da comida. 

Como funciona a MISE

O Chef Rogério Luce conta que todo o cardápio já utilizado para os eventos foi transferido para a MISE, com algumas adaptações e usando conceito de comida caseira (confort food). São dezenas de opções entre prato principal; guarnições; doces; molhos; sopas/cremes; salgados e kids. Tudo pode ser comprado pelo site (o e-commerce também foi desenvolvido nesses 15 dias) ou pelo WhatsApp (que tem atendido pessoas de terceira idade que não tem tanta habilidade para compras online). A entrega é feita pelos carros próprios e refrigerados da Basilic, que antes eram usados para os eventos. E os empreendedores optaram por não cobrar taxa deentrega nesse início do negócio. 

Entre os diferencias estão a credibilidade e qualidade da Basilic, que já tem seu nome no mercado de eventos sociais e corporativos, sendo reconhecidos pelo sabor. E para o novo negócio é utilizado um sistema de ultracongelamento dos alimentos que garante a qualidade e mantém a composição nutritiva. O desempenho tem sido bem positivo. “Inicialmente nosso clientes vem sendo os mesmos dos eventos e muitos estão repetindo a dose, o que prova que está dando certo, mas claro que queremos expandir. Atendemos apenas Porto Alegre, por enquanto”, conta Rogério. 

Cardápios para datas especiais 

Como a MISE teve origem de uma empresa de eventos, datas comemorativas sempre serão lembradas com cardápios especiais. Para o Dia das Mães já foi feita uma proposta em que os filhos puderam mandar um almoço ou jantar no domingo para as mães. “Está em nós entender momentos importantes da vida. Os eventos não estão acontecendo em função da pandemia e queremos tentar amenizar isso de alguma forma através da comida, do sabor, que é um carinho com quem amamos”, fala Flávio. Felizes com desempenho do novo negócio na quarentena, os sócios já pensam em mantê-lo mesmo quando tudo “voltar ao normal”. 

Com informações de Grazieli Gotardo, Reverso Comunicação.

Área de comentários fechada.

Pin It on Pinterest

Share This